Postagens

Mostrando postagens de 2017

Marcha fascista nos EUA põe em xeque tese da Data-Limite

Imagem
(Autor: Professor Caviar)
A marcha dos supremacistas brancos, na cidade de Charlottesville, Virgínia, EUA, é um fato bastante sombrio que contraria as previsões otimistas sobre o século XXI e que haviam sido esperadas em 2012, até pelos "espíritas". A ideia de que a sociedade iria se tornar mais moderna, altruísta, sensata e prudente foi posta em xeque diante do ascendente movimento neo-nazista de uma cidade norte-americana, que chamou a atenção do mundo.
A manifestação foi motivada porque o prefeito de Charlottesville, Mike Signer, planeja retirar a estátua do comandante confederado Robert E. Lee, derrotado na Guerra da Secessão e defensor do regime escravo, combatido pelas autoridades estadunidenses. Lee era considerado um herói pelos fascistas daquela cidade, tratado como se fosse um "mártir", embora ele não tivesse sido assassinado na referida guerra que ocorreu entre 1861 e 1865 entre os Estados do Norte, abolicionistas, e os do Sul, escravagistas.
Outra mani…

Vídeo: Chico Xavier, o pai dos fakes

Imagem
O suposto médium Francisco Cândido Xavier é o pioneiro da literatura fake, hoje muito praticada na Internet. Foi Chico Xavier que lançou livros que, supostamente atribuídos a autores mortos, nem de longe refletem seus respectivos estilos originais.

Vídeo: Imagem de "caridade" dos "médiuns" foi farsa criada pela Rede Globo

Imagem
(Autor: Professor Caviar, com vídeo criado pela Equipe Dossiê Espírita)
Apesar de agradável e defendida por muitos, a imagem de "bondade" e "caridade" dos "médiuns espíritas" foi uma farsa montada pela Rede Globo de Televisão, com base num documentário inglês, visando neutralizar a ascensão dos "pastores eletrônicos" das seitas evangélicas. Vídeo que merece ampla divulgação.

O Brasil retrocede e "espíritas" falam que "Pátria do Evangelho" foi inaugurada

Imagem
(Autor: Professor Caviar)
O periódico "Correio Espírita", espécie de Diário Oficial do "movimento espírita" brasileiro, veio com uma pequena nota de primeira página, apresentando como uma de suas matérias o anúncio de que já surgiu a "Pátria do Evangelho", que havia sido a bandeira ufanista do beato de Pedro Leopoldo e Uberaba, Francisco Cândido Xavier.
A patriotada de Chico Xavier, segundo o periódico editado no município de Niterói, Estado do Rio de Janeiro, se manifesta pela constatação dos males que há décadas e até séculos afligem os brasileiros e que, segundo os "espíritas", voltaram à tona a título de "informação", "despertando" os brasileiros a pensar num meio de "salvação" e "confraternização" em busca de um "país melhor".
Parece loucura, mas o que os "espíritas" tentam dizer é o seguinte: o Brasil está uma bosta e isso é bom porque os brasileiros, sabendo disso, lutarão por &…

"Espiritismo" brasileiro se alia aos pentecostais em assuntos políticos

Imagem
(Autor: Kardec McGuiver)
A FEB sempre esteve do lado do poder. Principalmente nos governos de direita. Fingindo altruísmo, os "espíritas" nunca foram de fato progressistas e por ser uma seita majoritariamente de elite, transferiu para o seu repertório ideológico o egoísmo das classes abastadas se limitando a definir como altruísmo a caridade paliativa das sopinhas aguadas e dos agasalhos rasgados. Enfim, nada que ameace os privilégios dos mais abastados, estes felizes em abraçar os seus supérfluos diante da miséria alheia.
Durante a ditadura, o apoio dos "espíritas" ás atrocidades cometidas contra os cidadãos era claro e explícito. Xavier, o maior divulgador da FEB, era um interiorano de educação retrógrada - apesar da falsa imagem de modernidade que tentaram embutir no beato anos depois. Não era de estranhar que alguém tão retrógrado apoiasse a ditadura em sua pior fase, alegando que os torturadores estavam "construindo um reino de amor". reino de amor …

Desesperados, "Espíritas" tentam salvar reputação de sua maior liderança

Imagem
(Autor: Kardec McGuiver)
Um artigo postado em um portal pseudo-espírita lançado recentemente mostra o desespero dos "espíritas" de tentar salvar a sua maior liderança, o farsante Chico Xavier, na tentativa de salvar a seita e todos os benefícios que provem de sua existência.
Estamos carecas de saber que o "Espiritismo" brasileiro nada tem de kardeciano. É totalmente roustainguista e seu compromisso não e com a racionalidade e sim com a fé cega de um Cristianismo fabuloso, místico. Xavier, além de ser a sua maior liderança, é também o seu garoto propaganda e "galinha dos ovos de ouro" da seita, pois seus livros geram renda para sustentar as outras lideranças.
Justamente por Xavier ser uma excelente fonte de renda, "espíritas" se empenham em tentar salvá-lo para que seus livros, cheios de surrealismo, possam continuar sendo vendidos. O tal artigo resolveu tachar Chico Xavier de um rótulo extremamente pomposo: o de "Patrimônio Mundial da Huma…

O silêncio do "Espiritismo" brasileiro diante das atrocidades que poderão destruir o país

Imagem
(Autor: Kardec McGuiver)
Falam tanto que o "espiritismo" brasileiro e uma doutrina altamente intelectualizada e altruísta. A prática tem demonstrado o oposto. Lideranças doutrinárias já demonstram, além de total incapacidade de resolver ou sugerir soluções para os problemas do país, recusa em recorrer as autoridades para que as coisas melhorem. Falsamente sábios, também são incapazes de entender a realidade cotidiana, se limitando a pedir para orar, como fazem as religiões menos racionais.
O comportamento das supostamente intelectualizadas lideranças "espíritas" diante de todas as medidas aprovadas pelo governo golpista para arruinar o Brasil e a dignidade dos trabalhadores, é de uma bem safada hipocrisia. Bom lembrar que para quem acredita nas lideranças "espíritas", eles são de "máxima evolução", o que subentende uma capacidade intelectual ilimitada. Capacidade nunca comprovada na prática, o que mostra não passar de uma forma diferente de can…

"Bondade" de Chico Xavier foi mito criado pela Rede Globo para competir com Igreja Universal

Imagem
(Autor: Equipe Dossiê Espírita)
A Igreja Universal do Reino de Deus completa 40 anos e isso tem muito a ver com os rumos que o "espiritismo" brasileiro haviam tomado com uma pequena ajudinha da grande mídia. Sem mais a ação marqueteira de Antônio Wantuil de Freitas, o ex-presidente da Federação "Espírita" Brasileira que faleceu em 1974, outra estratégia tinha que ser feita.
Não se podia mais assumir o roustanguismo, apesar da evidente herança das ideias do advogado de Bordéus, pioneiro deturpador do Espiritismo, deixou na doutrina igrejeira brasileira. Tinha que haver uma postura contraditória e confusa, porém bastante agradável, que pudesse trazer às federações regionais uma autonomia e uma reputação iguais ou superiores às da direção nacional.
Morto Wantuil, seus herdeiros tiveram desavenças com os herdeiros do falecido, e houve também escândalos nos quais os espíritas autênticos saíram denunciando aqui e ali. Daí que se construiu a "fase dúbia" do &qu…

Técnica duvidosa de análise de textos testou obras de Chico Xavier

Imagem
(Autor: Equipe Dossiê Espírita)
O que é a nossa imprensa. Um texto de Yahoo! Finanças falando sobre o teste de um programa eletrônico para analisar o estilo de obras de Francisco Cândido Xavier começou mal com o título mostrando um erro em português, "Máquinas põe Chico Xavier à prova e resultado é surpreendente".
Sem qualquer questionamento, a reportagem, num contexto em que nosso jornalismo é tão decadente que apresenta textos gramaticalmente errados, desinformativos e até mentirosos, com a grande imprensa praticando até fake news, como se nota o noticiário político. O assunto, o uso da "inteligência artificial" para analisar os estilos de três supostos autores espirituais publicados pelo "médium", revela uma técnica bastante duvidosa e sem eficácia verdadeira.
Ela vem de uma máquina chamada Deep Learning, utilizada pela empresa Stilingue, para analisar obras dos três supostos autores, Emmanuel, André Luiz e Humberto de Campos. O processo se dá a parti…

Nos 15 anos sem Chico Xavier, quem leva presente é o Aécio Neves

Imagem
(Autor: Professor Caviar)
No dia em que os "espíritas" lembraram, com fanática saudade, os 15 anos de falecimento de Francisco Cândido Xavier, o Supremo Tribunal Federal, na pessoa do ministro Marco Aurélio Mello, vetou o pedido de prisão do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e ainda o presenteou com a autorização para retomar o cargo no Senado.
Foi no último dia 30 de junho, um mês que terminou favorável para o tucano envolvido em vários escândalos de corrupção. A irmã dele e parceira em esquemas de propinas, Andrea Neves, e o primo Frederico Pacheco, também envolvido em alguns deles, deixaram a prisão.
Aécio Neves é blindado pelo poder midiático, embora hoje certos veículos de comunicação que tanto o apoiaram já começam a se opor a ele. Em todo caso, Aécio Neves é um Chico Xavier do seu tempo, que pode aprontar das suas que ninguém pegaria. Se vê que Chico Xavier realizou obras fake com o nome de Humberto de Campos e saiu impune dessa porque os juízes, um tanto bitola…

Chico Xavier virou "santo" pelas "bênçãos" da Rede Globo

Imagem
(Autor: Equipe Dossiê Espírita)
O Brasil tem dessas tristes peculiaridades. Tem uma "cultura popular" surreal, controlada por uma elite de empresários do entretenimento que ditam o "gosto popular" por intermédio de executivos de rádio e TV. E temos ainda uma religiosidade extrema que teima em exercer monopólio sobre a realidade.
Muitos de nós ainda pensam a realidade como se fosse uma novela de televisão. Vemos as coisas de maneira institucionalizada, materialista ou mediante velhos preconceitos morais. Até o "funk" é um reflexo desses preconceitos e dessa imagem estereotipada e idealizada do "bom pobre" que as classes médias, ditas "esclarecidas", se mantém ideologicamente.
Há quinze anos, um ídolo religioso festivo e supostamente ecumênico, símbolo de aparente caridade e portador de uma mitologia ao mesmo tempo contraditória e fantasiosa, faleceu depois de anos doente. O "médium" Francisco Cândido Xavier, aliás, o primeiro…

O vigarista que destruiu a Doutrina Espírita

Imagem
(Autor: espírito Felício, por médium não identificado*)
Interesses mesquinhos acabaram por transformar aquilo que deveria ser uma ciência em uma fantasia infantil a enganar mentes mais pueris. O trabalho árduo e corajoso do mestre de Lion foi literalmente jogado na sarjeta, percorrendo o esgoto até se dissipar no mar. Hoje, Allan Kardec é um nome solto, mero objeto de perversas bajulações. E há um responsável para este grave equívoco.
Francisco Cândido Xavier. Mesmo que todo o estrago já tenha começado antes do surgimento deste beato intrometido, ele é que solidificou as bases da nefasta deturpação. Se o beato das Minas Gerais não tivesse aparecido, pode ser que os deturpadores precedentes tenham caído no ridículo e a deturpação tenha se esvaído.
Mas quiseram os deturpadores que o beato se introduzisse na doutrina e agisse ferozmente como um vândalo a destruir tudo que encontrava pela frente. Alheio a ciência racional do professor de Lion, preferiu empastelar a doutrina com o seu Cat…

Grupo religioso se reúne em Brasília para vigílias e orações

Imagem
(Autor: Equipe Dossiê Espírita)
Na noite de ontem, um grupo de vinte religiosos se reuniu em Brasília para fazer uma "vigília". A reunião ocorre toda terça-feira e o grupo, aparentemente sem fins ideológicos nem bandeiras, tem como único objetivo "pedir bênçãos para o Brasil". O grupo reúne católicos, evangélicos e "espíritas".
A coisa, a princípio, parece bem intencionada. Pessoas dotadas com alguma esperança, se reunindo sem se preocuparem com desavenças pessoais, para pedir que vibrações positivas cerquem o Brasil e permitam criar energias psíquicas para superar a crise. Seria muito bom se não fosse um detalhe: as religiões costumam também participar em movimentos que pedem soluções golpistas.
Segundo o historiador Jorge Ferreira, até "espíritas kardecistas" participaram da Marcha da Família Unida com Deus pela Democracia, movimento que impulsionou o golpe civil-militar de 1964. Recentemente, as manifestações pelo "Fora Dilma" tive…

Leitor reclama de psicografia 'fake' de Raul Seixas

Imagem
(Autor: Eliezer Machado, via e-mail)
Me revolta saber do conteúdo dos tais livros que o senhor Nelson Moraes publicou usando o nome de Raul Seixas, mal disfarçado por um improvisado apelido de Zílio.
Li Um Roqueiro no Além achando que iria encontrar um Raul Seixas reflexivo, mas o que eu vi foi uma caricatura catolicizada e um tanto piegas, nem parecia um roqueiro baiano, parecia mais um noviço de Igreja Católica.
Fiquei fulo da vida. Cara, Raul Seixas morreu cedo, aos 44 anos, mandando bem na carreira, lançando o seu A Panela do Diabo junto com o grande Marcelo Nova, que hoje segue em frente zelando pelo bom rock da Bahia. Raul nos deixou de repente, embora soubéssemos de sua doença, com muito o que fazer e hoje teria feito uns belos 72 anos, esbanjando sabedoria e, com certeza, muito mais rock'n'roll com sua mente afiada que não tinha nada a ver com o molenga que adotava o codinome Zílio.
E que grande desrespeito à memória de Raul quando fui ao Whiplash ver a mensagem do su…

"Espiritismo" e literatura 'fake'

Imagem
(Autor: Wendel Nogueira de Andrade)
Quanta frustração eu tive quando pude me informar na Internet que as ditas "psicografias" de Francisco Cândido Xavier nunca passaram de obras fake, como se vê nessas páginas sinistras na rede. De início não acreditei e até me recusei a admitir essa farsa, porque era tomado pela reputação de "belas obras" e achava que as tais "lições de vida" bastavam para legitimar tais livros.
Quando eu era ligado ao Espiritismo que se faz no Brasil, eu li uns dois livros do suposto espírito Humberto de Campos. Um é o Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho, e outro, Reportagens de Além-Túmulo. Também li o Parnaso de Além-Túmulo que Humberto resenhou em vida. Achava tudo autêntico, e insisti nisso quando vieram as primeiras polêmicas. Achava que, pelas obras serem agradáveis e apresentarem, em tese, mensagens positivas, tudo seria verídico. Nunca imaginava que se podia ser falso com mensagens aparentemente edificantes.
Pois hoje…

Leitor reclama da catolicização do Espiritismo

Imagem
(Autor: Laudelino José)
É com muito pesar que escrevo sobre os rumos do Espiritismo no Brasil, que parece que preferiu virar um outro Catolicismo. Que as religiões se moldem no Catolicismo para fazer seus dogmas e ritos, tudo bem, mas as demais seitas sempre buscam alguma variedade, alguma diferença.
Os espíritas, não. Pelo contrário. Eles usam a doutrina de Allan Kardec para se afastar dele e se aproximar do Catolicismo propriamente dito, reciclando até formas medievais, acolhendo a Teologia do Sofrimento que havia sido esquecida se não fosse o distinto senhor Francisco Cândido Xavier. Pois foi esse senhor, conhecido popularmente como Chico Xavier, que resgatou dos escombros medievais essa ideologia, que lá fora está associada à senhora Madre Teresa de Calcutá, que faz apologia à desgraça humana como forma de apressar o caminho para os céus.
Isso é de uma leviandade muito grande. Se autoprejudicar na pressa de alcançar o paraíso, furando a fila da evolução humana! E isso quando, de …

A intolerância "espírita" com o nome de J. B. Roustaing

Imagem
(Autor: Professor Caviar)
Os "espíritas" brasileiros reclamam da intolerância dada contra eles, como se eles tivessem razão em cometer as suas contradições, omissões e outras irregularidades, várias delas gravíssimas.
Quem critica a deturpação da Doutrina Espírita, sem poupar os deturpadores - não nos esqueçamos que eles são os praticantes e divulgadores da deturpação - , não o faz por intolerância religiosa, mas por intolerância à desonestidade, à mentira e à dissimulação.
Da "mediunidade" que não condiz à natureza pessoal do autor morto alegado ao igrejismo clonado da Igreja Católica, passando por devaneios materialistas do mundo espiritual usados para defender o sofrimento extremo na Terra, tudo isso faz do "espiritismo" uma religião cujo conteúdo se distanciou seriamente do legado original de Allan Kardec.
Toleramos movimentos religiosos como a Igreja Católica, as religiões muçulmanas e as protestantes porque, com todas as fantasias que apresentam, e…

"Caridade espírita" quase nada ajudou o Brasil

Imagem
(Autor: Equipe Dossiê Espírita)
Principal argumento para blindar a deturpação da Doutrina Espírita e proteger a reputação dos "médiuns" que vivem do culto à personalidade, a "caridade espírita" não faz jus a sua fama de "transformadora" e "revolucionária" que seus adeptos tanto alardeiam por aí.
A "caridade" praticada pelo "espiritismo" brasileiro se limita a tarefas pontuais, dentro das definições do Assistencialismo. Até aí, nada demais, diante de "casas espíritas" que fazem projetos assistenciais e acolhem um grupo de pessoas pobres. O problema é o fato de que a medida é usada para proteger os deturpadores e tentar abafar qualquer questionamento, além de servir para a propaganda e promoção pessoal de seus ídolos religiosos, sobretudo "médiuns".
Para começar, nem tudo que é considerado oficialmente "caridade" no "espiritismo" brasileiro deve ser considerada como tal. As "cartas …