Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

Frases atribuídas a Chico Xavier e seus "mentores" se multiplicam nas redes sociais. E isso não ajuda em nada

(Autor: Profeta Gandalf)

Tratado como semideus, Chico Xavier virou o dono da verdade. Exemplo prático de coisa nenhuma, ele foi transformado em exemplo máximo de "bondade" e "sapiência". Isso favorece que muitas frases ditas por ele ou por um de seus obsessores (aqueles que os incautos se referem como "seus mentores espirituais") seja difundida como "manuais de sobrevivência e transformação interior".
É chato ter que aguentar frasezinhas de amor, paz e esperança que há anos são difundidas e não ajudam em transformar as pessoas. Pelo contrário, servem apenas de consolo para problemas que nunca são resolvidos. Não é o máximo? Não se passa pelo angustiante esforço de resolver problemas, além de se emocionar por frases piegas que parecem ter saídas de alguma música do Padre Zezinho. Até porque de Catolicismo, Chico Xavier entendia muito bem.
São frases que só enrolam e nada servem como transformação interior. Transformar interiores é algo bem desconfor…

Chico Xavier não é exemplo pra coisa nenhuma

(Autor: Profeta Mentalista)

Por mais que os seus fãs e devotos digam que "não estão defendendo o mito e sim o homem, o cidadão Chico Xavier", o mito ainda exerce muita influência na mente dessas pessoas. Ao desejar defender o homem, acabam defendendo o mito.
Todos consideram Xavier o "homem mais bondoso do planeta", graças a muita publicidade em torno da mitologia construída em torno do médium, que não queria nada disso, mas foi obrigado, como um refém, a aceitar todo o festejo a sua volta.
Mas analisando friamente e com objetividade, toda a mitologia é falsa e Xavier, seja mito ou ser humano, foi tão importante para a Doutrina Espírita quanto o seu Zé da padaria da esquina que anda com um lápis na orelha: ou seja, nenhuma importância.
O Espiritismo nunca precisou de Xavier para existir e para os que consideram Xavier o grande difusor, lamento ter que decepcioná-los e digo que ele fez muito mais mal a compreensão doutrinária. Aliás, a doutrina não precisa de um garoto-…

"Espiritismo" seguido por Paulo Goulart não é Espiritismo

Infelizmente perdemos um dos mais talentosos e simpáticos atores brasileiros, Paulo Goulart. Ele não só se destacava pela qualidade da atuação como no jeito bonachão que demonstrava na vida real, conquistando a simpatia de todos. Quanto a sua simpatia, ele era único, insubstituível, tornando difícil encontrar alguém que possa ter o carisma de ser tão querido quanto ele.
Mas aproveitando a morte dele, vários espiritólicos (seguidores da versão deturpada do Espiritismo, tão comum no Brasil) se meteram e começaram a dar ênfase ao fato de que o recém falecido ator era espírita. Alto lá! Algo precisa ser esclarecido.
Como a maioria dos brasileiros e quase todas as celebridades que se assumem como tais, o "Espiritismo" que eles seguem não é bem Espiritismo. É na verdade a sua forma deturpada, uma espécia de Catolicismo com reencarnação cujo referencial maior não são as obras de Allan Kardec e sim as obras ficcionais atribuídas a mediunidade de Chico Xavier, católico praticante e fer…